Ex-senador Telmário Mota é preso em Goiás

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

O ex-senador de Roraima, Telmário Mota, foi preso em Nerópolis, na Região Metropolitana da capital, sob a suspeita de ter ordenado o assassinato da mãe de sua filha. Ele era considerado foragido até sua recente captura. Segundo o delegado André Fernandes, Mota utilizou um voo comercial para Brasília, seguido de um ônibus até Goiás, onde foi encontrado.

“Identificamos a residência onde ele estava. Planejávamos efetuar a prisão na manhã de hoje, mas Telmário chegou ao local justamente quando estávamos nos preparando”, explicou Fernandes.

Até o momento, a defesa de Telmário Mota não foi localizada para comentários.

Conforme relatado à polícia, Mota afirmou ter chegado a Goiás na última quinta-feira (26) e se ocultado na casa de uma amiga. Sua prisão ocorreu na noite de segunda-feira (30), após uma colaboração entre a Polícia Militar e a Polícia Civil.

“Recebemos a informação sobre a localização de Telmário ontem à noite, por volta das 21h. Após isso, organizamos rapidamente uma operação para detê-lo”, disse um oficial envolvido na ação.

Cronologia e Detalhes do Caso:

  • Investigações: Telmário é suspeito de ter contratado o assassinato de Antônia Araújo de Sousa, de 52 anos, que ocorreu em 29 de setembro, em Boa Vista, Roraima.
  • Contexto do Crime: Antônia era uma testemunha-chave em uma investigação que envolvia uma acusação de estupro contra Telmário, feita pela filha do ex-senador em 2022. A vítima foi morta três dias antes de uma audiência relacionada ao caso.
  • Próximos Passos: Após ser submetido a exames pós-prisão, Telmário Mota deve ser transferido para Goiânia nesta terça-feira (31).

![Ex-senador da República, Telmário Mota — Foto: Reprodução/Senado](Link da imagem)

Esta situação marca mais um capítulo nos casos de violência e acusações de alta gravidade envolvendo políticos brasileiros, gerando ampla repercussão e questionamentos sobre a conduta ética e legal de figuras públicas.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Empresário e funcionária pública acusados de estupro de vulnerável são presos pela polícia
Governo contratará psicólogos, assistentes sociais e nutricionistas para atender rede estadual de ensino
ALE-RR discute políticas públicas em visita de diretor da Casa de Governo a Roraima
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Empreendedores participam de oficina sobre Microcrédito Consciente
PRF em Roraima apreende arma de fogo, ouro, minérios e combustível contrabandeado
Curso de edição de fotos e vídeos para celular aprimora habilidades de servidores da ALE-RR
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista