Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

A PCRR (Polícia Civil de Roraima) desencadeou uma operação que teve início ontem, dia 13 e se encerrou na manhã desta terça-feira, dia 14, visando o cumprimento de mandados de prisão preventiva de cinco homens, integrantes de uma facção criminosa, apontados como autores do homicídio de Joanatan Lima Sampaio Torres, de 25 anos, ocorrido em 07 de janeiro deste ano. A vítima foi atingida com golpes de foice em Alto Alegre, foi transferida para o Hospital Geral de Roraima, onde morreu no dia 14 de janeiro.

De acordo com informações prestadas pelo delegado titular de Alto Alegre, Wesley Costa de Oliveira, o crime vinha sendo investigado e os trabalhos apontaram que a vítima foi agredida por integrantes de uma facção criminosa, com golpes de foice no pescoço.

“Dessa forma, com os vestígios levantados, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva dos investigados e o Ministério Público, assim como o Judiciário, entenderam que haviam elementos suficientes e decretaram as prisões preventivas”, disse o delegado.

As diligências resultaram no cumprimento do mandado de prisão de G. S. S. C., apelidado de “Pinguim”, de 18 anos, F. S. M., apelidado de “Javali”, de 23 anos, R. B. S., conhecido por “Da Macha”, de 19 anos, K. A. B. R., vulgo “Mira” ou “Bessa” e E. G. S., de 24 anos, apelidado de “Macaquinho”

Segundo o delegado, todos os suspeitos envolvidos fazem parte da
organização criminosa que age dentro e fora dos presídios de Roraima. Os integrantes dessa organização têm atuado Alto Alegre, praticando crimes como: furto, roubos, tráficos de drogas ilícitas, homicídios e ameaças, causando medo e transtorno aos munícipes.

DINÂMICA DO CRIME – As investigações apontaram que a dinâmica do crime ocorreu da seguinte forma: O acusado G. S. S. C., juntamente com K. A. B. R., arrobaram a casa da vítima, desferindo golpes de foice. Já os acusados F. S. M., e R. B. S., faziam
a segurança para que os dois que entraram na casa, cometessem o crime. Ainda segundo as investigações, o crime foi cometido a mando ou com autorização de E. G. S., apontado como o chefe de uma facção criminosa em Alto Alegre, que confrontou a vítima momentos antes do crime.

“Agora as investigações prosseguem e nós esperamos desvendar totalmente o homicídio praticado aqui no município de Alto Alegre. Esse é mais um duro golpe na facção criminosa atuante aqui em Alto Alegre e com essa ação nós esperamos trazer mais tranquilidade para o município.”, disse o delegado.
Todos os acusados tiveram seus mandados de prisão cumpridos e formalizados em Alto Alegre. Eles foram encaminhados para Audiência de Custódia.

Fonte: PCRR

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF deflagra operação para combater desvio de recursos da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima
Polícia Civil prende homem condenado por estupro de crianças
Abertas vagas para processo seletivo de bolsistas para Embrapa RR
Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre
FICCO-RR PRENDE UMA PESSOA POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOA VISTA
Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e apreensão para esclarecer morte de casal
PL que altera lei de regularização fundiária de Roraima possui 37 emendas propostas por comissão especial da ALE-RR
Polícia Civil esclarece fraude Imobiliária, localiza suspeito de estelionato e apreende veículos