Produtores do Bom Intento conhecem polo da batata-doce

Agricultores visitam polo de batata doce
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

Um grupo de 15 produtores rurais da Associação do Bom intento visitaram nesse sábado (5), o Polo da batata-doce, localizado no P.A. Nova Amazônia, região do Truaru. O encontro foi promovido pela Prefeitura de Boa Vista, com o objetivo de demonstrar as potencialidades do polo que é referência de produção no município, com assistência técnica fornecida pela Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (SMAAI).

Durante a visita técnica, os produtores puderam tirar dúvidas sobre como ter acesso aos implementos agrícolas cautelados pela prefeitura e a adesão ao Plano Municipal de Desenvolvimento do Agronegócio (PMDA).

“A ideia é demostrar as experiências de sucesso, conhecendo de perto a realidade do polo. Os produtores acompanharam como é feito o plantio, a colheita e a produção da casa de farinha”, explicou Roy Rogeres, técnico da SMAAI.

O produtor Wanderley José, cultiva maracujá no Bom Intento e já faz planos para inserir na sua propriedade alternativas de plantio. “Estávamos com uma expectativa muito boa para conhecer a produção da batata-doce. Que possamos unir forças e começar a plantar observando o modelo que já é um sucesso. Vamos levar essas informações para nossa região, para que lá também seja um lugar próspero”, afirmou.

A Associação dos Produtores Rurais do Bom Intento possui atualmente cerca de 130 membros, que contam com o apoio da prefeitura para ações voltadas ao fomento da região. Para o presidente, Eldson Pedroso, a visita técnica é um incentivo para todos se espelharem no que está dando certo no município.

“A intenção da associação é criar um polo da batata-doce também no bom intento, para fazer essa comercialização e que o pequeno agricultor familiar possa ter lucros e se desenvolver, melhorando assim a questão social e econômica do Bom intento”, disse.

Polo da Batata-doce – Instituído em 2017, com o apoio da Prefeitura e através de acesso a novas tecnologias e assistência técnica, o polo vem se desenvolvendo e inspirando muitos produtores a seguir o cultivo. O trabalho é feito por meio do PMDA. Os produtores são atendidos pelo projeto com máquinas, equipamentos e insumos, além da assistência técnica da equipe da secretaria direto no campo.

Fonte: Semuc

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF deflagra operação para combater desvio de recursos da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima
Polícia Civil prende homem condenado por estupro de crianças
Abertas vagas para processo seletivo de bolsistas para Embrapa RR
Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre
FICCO-RR PRENDE UMA PESSOA POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOA VISTA
Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e apreensão para esclarecer morte de casal
PL que altera lei de regularização fundiária de Roraima possui 37 emendas propostas por comissão especial da ALE-RR
Polícia Civil esclarece fraude Imobiliária, localiza suspeito de estelionato e apreende veículos