Governo do Estado atenderá com cestas básicas 10 mil famílias atingidas pela estiagem

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

A Defesa Civil de Roraima anunciou nesta segunda-feira, 1º de abril, durante reunião do Gabinete Integrado de Atuação Preventiva e Gestão de Desastres, a entrega de 30 mil cestas para as famílias de agricultores atingidas com a estiagem.

Ao todo serão 10 mil famílias beneficiadas continuamente durante três meses com os kits alimentícios.

O CBMRR atua por meio de trabalho preventivo, de resposta e de assistência desde o início da constatação da estiagem em 2023. Neste momento, o foco é atender a população atingida de forma mais drástica pela seca e pelos focos de incêndios, nas situações em que ocorreu a perda da capacidade de produção de alimentos.

“Iniciamos a Operação Verão Seguro em outubro de 2023, quando havia a previsão de uma estiagem longa e a possibilidade de incêndio florestais. As queimadas e a estiagem se agravaram no mês de fevereiro de 2024 e o Governo do Estado de forma célere solicitou recursos do Governo Federal para atender aquelas famílias atingidas. Assim que o recurso ficou disponível, adquirimos imediatamente as cestas de alimentos para serem distribuídas”, anunciou o governador Antonio Denarium, que participou da reunião.

O comandante-geral do CBMRR (Corpo de Bombeiros Militar de Roraima), coronel Anderson Carvalho, explicou que a ação decorre do aporte financeiro em resposta às solicitações feitas ao Governo Federal.

Até o momento, por meio do MIDR (Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional), foram destinados cerca de R$ 6 milhões para a aquisição das cestas básicas e outros R$ 350 mil para a locação de caminhões-pipa.

“O Estado fez várias solicitações, desde reforço de efetivo, recurso para pagamento de horas-voo para nos apoiar no transporte, mas também nas respostas no combate ao incêndio florestal, solicitamos recurso para escavação de poços artesianos e para a água potável. Algumas foram negadas e outras estão em análise”, pontuou o comandante.

Atualmente, 14 municípios do Estado de Roraima decretaram situação de emergência devido à seca e aos focos de incêndio. A ideia é iniciar pelos pontos mais atingidos ainda esta semana.

“É momento de dar assistência àquelas famílias que tiveram sua lavoura perdida, a capacidade de subsistência. Então o Governo do Estado, por meio da Defesa Civil, vai dar essa segurança alimentar. É importante dizer que o recurso que veio é um recurso carimbado, ou seja, só pode utilizado na aquisição das cestas básicas e locação de caminhões-pipa, para a água potável”, reforçou Carvalho.

Escavação de bebedouros no interior

Ainda no combate à estiagem, a Defesa Civil Estadual realizou ações para minimizar as consequências ocasionadas pela seca. Iniciaram, ainda em março, as escavações de bebedouros animais no interior do Estado.

São atendidos os municípios que tiveram a decretação de situação de emergência reconhecida pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

A iniciativa tem como intuito prover água para consumo animal e irrigação, uma vez que esta é a principal fonte de subsistência dos agricultores e pecuaristas das regiões que costumam ser mais afetadas em períodos de estiagem. O setor da agricultura e pecuária é um dos segmentos que mais sofrem os danos econômicos e sociais, o que reflete em toda a qualidade de vida em Roraima e na economia regional.

Para as ações no interior são utilizadas escavadeiras hidráulicas, retroescavadeiras, pás carregadeiras e caminhões com carroceria.

Fonte: Secom-RR

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Empreendedores participam de oficina sobre Microcrédito Consciente
PRF em Roraima apreende arma de fogo, ouro, minérios e combustível contrabandeado
Curso de edição de fotos e vídeos para celular aprimora habilidades de servidores da ALE-RR
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Cooperação entre PF e Polícia da Guiana promove captura de foragidos brasileiros em Georgetown
Detran-RR restitui valores para motoristas de veículos leiloados a partir de 2020