Municípios são orientados sobre circulação da variante Ômicron

variante Omicron em Roraima
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

A Secretaria de Saúde (Sesau), por meio da CGVS (Coordenadoria Geral de Vigilância em Saúde), nesta quarta-feira (26), emitiu Nota de Alerta para todos os municípios de Roraima, informando sobre a confirmação de circulação da variante SARS-CoV-2 – Ômicron, em Roraima.

O propósito é orientar gestores e profissionais de saúde para a importância das medidas de segurança, a fim de evitar o avanço da pandemia e aumento de infecções do coronavírus.

De acordo com o Relatório de Circulação de Linhagens de SARS-CoV-2, das 20 amostras seqüenciadas, 100% tiveram resultado para a Ômicron, confirmando a presença da variante no Estado.

Orientações

– Notificar, imediatamente, todos os casos suspeitos ou confirmados de Covid-19 no e-SUS Notifica, e, no caso de internação, notificar também no SIVEP-Gripe e comunicar para a Secretaria de Municipal de Saúde de sua abrangência;

– Aumentar a cobertura vacinal e aplicar a dose de reforço para a população alvo;

– Reforçar as medidas não farmacológicas;

– Reforçar as medidas de segurança ao paciente em âmbito ambulatorial e hospitalar, visando à redução da transmissão;

– Realizar exames confirmatórios: Teste rápido de antígeno (TR-Ag) ou Teste molecular (RT-PCR), para os casos suspeitos sintomáticos que atendam as novas recomendações, conforme a Norma Técnica N 01/22/CGVS/SESAU, idealmente com menos de sete dias de início dos sintomas;

– Paciente que apresentar TR-Ag negativo deverá ser realizado teste molecular (RT-PCR);

– Destaca-se a importância da realização de teste molecular (RT-PCR) para o  SARS-CoV-2, uma vez que é fundamental a realização da Vigilância Genômica;

– Encaminhar para o LACEN- RR as amostras de Swab coletadas para o teste molecular (RT-PCR), devidamente identificadas com a requisição do GAL e ficha de notificação, em até 72 horas após a coleta e devidamente acondicionadas e transportadas.

Medidas de Vigilância

– Realizar uma sequência direcionada e representativa de casos comunitários para detectar precocemente e monitorar a incidência da variante;

– Melhorar a busca ativa e o rastreamento de contatos e o isolamento de casos suspeitos e confirmados da Covid-19;

– Recomendar que se evitem aglomerações;

– Reforçar a importância da vacinação (esquema completo e dose de reforço) para a população-alvo.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF deflagra operação para combater desvio de recursos da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima
Polícia Civil prende homem condenado por estupro de crianças
Abertas vagas para processo seletivo de bolsistas para Embrapa RR
Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre
FICCO-RR PRENDE UMA PESSOA POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOA VISTA
Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e apreensão para esclarecer morte de casal
PL que altera lei de regularização fundiária de Roraima possui 37 emendas propostas por comissão especial da ALE-RR
Polícia Civil esclarece fraude Imobiliária, localiza suspeito de estelionato e apreende veículos