960x300

Federação inglesa quer banir Paquetá do futebol se atleta for culpado, diz jornal

Aprovado PL que reduz cálculo-base do ICMS em produtos importados via remessas postais ou expressas
Revisão de dados indica recuo em número de jovens nem-nem
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista

Meia brasileiro é acusado de forçar cartões amarelos, mas nega qualquer irregularidade

Documentos revelados, nesta terça-feira (04), pelo jornal The Sun mostram que a Football Association (FA), que comanda o futebol na Inglaterra, sugere que Lucas Paquetá seja banido “para sempre” caso seja considerado culpado.

O meia brasileiro é acusado de ter forçado cartões amarelos em quatro partidas da Premier League, entre novembro de 2022 e agosto de 2023. Os jogos foram contra Leicester, Aston Villa, Leeds e Bournemouth.

A publicação britânica relembrou o caso de Kynan Isaac, zagueiro do Stratford Town que foi suspenso por dez anos por apostar que receberia um cartão amarelo, em 2021. Para a FA, “as supostas ofensas de Paquetá são ainda mais graves“, afirma o The Sun.

As apostas foram feitas da Ilha de Paquetá, local no Rio de Janeiro onde o jogador de 26 anos nasceu. Ainda segundo o jornal, uma das apostas investigadas teve o valor de 7 libras (R$ 46 na cotação atual). Curiosamente, segundo documentos, a empresa a alertar sobre o “número incomum” de apostas foi a Betway, principal patrocinadora do West Ham, equipe atual de Lucas Paquetá.

Fonte: CNN

Atleta se defende

Lucas Paquetá será ouvido por uma comissão independente para apresentar sua defesa oficial. O jogador chegou a declarar surpresa com toda a situação.

“Estou extremamente surpreso e chateado com o fato de a FA ter decidido me acusar. Cooperei com todas as etapas da investigação e forneci todas as informações que pude durante estes nove meses. Nego as acusações na íntegra e lutarei com toda as minhas forças para limpar meu nome. Devido ao processo em andamento, não fornecerei mais comentários”, publicou.

Mantido na Seleção Brasileira para a disputa da Copa América, o atleta agradeceu o esforço da CBF, que chegou a trocar informações com autoridades da Federação Inglesa de Futebol.

“Agradecer, publicamente, ao presidente Ednaldo (Rodrigues) pelo esforço que teve em apurar bem os fatos relacionados a tudo que tem acontecido comigo, e pela decisão da minha permanência na convocação. Agradeço ao Rodrigo (Caetano), ao Dorival (Júnior) pelo apoio, aos torcedores que apoiam, que continuam me apoiando em toda essa situação”, declarou.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF prende passageiro em flagrante por crime de usurpação de bens da União
Revisão anual dos servidores estaduais vai ser discutida durante audiência pública na ALE-RR
Aprovado PL que reduz cálculo-base do ICMS em produtos importados via remessas postais ou expressas
PRF apreende semirreboque adulterado em Roraima
Sindicatos de servidores estaduais solicitam apoio de presidente da ALE-RR para reajuste salarial
PRF prende motorista por Uso de Documento Falso no Cantá
Assembleia Legislativa cria comissão especial para apurar indícios de irregularidades no Governo de Roraima
População pode sugerir prioridades de investimento para Roraima