Aeroporto de Boa Vista tem nova gerência

Aeroporto Internacional de Boa Vista
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

A partir desta terça-feira (8), a VINCI Airports assumiu a  operação do Aeroporto Internacional de Boa Vista, por meio de contrato de concessão com duração de 30 anos assinado com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). No mês de janeiro, a operadora iniciou as operações nos Aeroportos de Manaus, Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Porto Velho. Outras unidades na região Norte também devem passar pela transição ainda em fevereiro.

Em 2021, 307.604 passageiros transitaram pelo aeroporto de Boa Vista. Só em dezembro passado foram 41.541 embarques e desembarques. A capital é porta de entrada para Roraima e uma série de opções de atividades para turismo de aventura, etno turismo, além de outras modalidades, como turismo cultural e gastronômico. No último ano, o estado saltou de quatro para 12 empresas de receptivo regularizadas e prontas para ampliar a diversidade de roteiros e produtos turísticos.

A companhia assume a gestão do aeroporto de Boa Vista implementando padrões globais de operação, sem perder de vista as particularidades regionais, aplicando sua expertise no desenvolvimento do tráfego para trazer mais conectividade e estímulo à economia de Roraima. Também haverá investimentos em adaptação de tecnologia e infraestrutura para tornar as operações mais eficientes e seguras, melhorando com isso a experiência de viajantes.

De acordo com a empresa, além dos investimentos na infraestrutura operacional, a VINCI Airports irá aplicar o seu plano de ação ambiental no aeroporto, visando reduzir as emissões de carbono e aprimorando a gestão de recursos naturais, como fez no aeroporto de Salvador, na Bahia, considerado o mais sustentável do Brasil, segundo a ANAC.

Logo após a conclusão da integração completa dos sete terminais da Região Norte, a VINCI Airports irá operar 53 aeroportos em todo o mundo, sendo oito deles no Brasil. Desse modo, se tornará a concessionária aeroportuária internacional líder no país em número de aeroportos e empregará quase 500 colaboradores no Brasil.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Empreendedores participam de oficina sobre Microcrédito Consciente
PRF em Roraima apreende arma de fogo, ouro, minérios e combustível contrabandeado
Curso de edição de fotos e vídeos para celular aprimora habilidades de servidores da ALE-RR
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Cooperação entre PF e Polícia da Guiana promove captura de foragidos brasileiros em Georgetown
Detran-RR restitui valores para motoristas de veículos leiloados a partir de 2020