Uma Noite Mágica: Dezenas se Reúnem na Orla Taumanan para Contemplar a Rara Superlua Azul em Boa Vista

Carro pega fogo em semáforo após manutenção elétrica
Expoferr 2023 reúne público recorde de mais de 500 mil pessoas em cinco dias de evento
Renovação e Inovação no Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth
Interrupção do serviço de internet em Roraima afeta atividades online

Na noite da última quarta-feira (30), um espetáculo celestial raro encantou os moradores de Boa Vista, em Roraima. A superlua azul, um fenômeno astronômico deslumbrante, atraiu dezenas de curiosos de todas as idades para a Orla Taumanan, localizada no coração do Centro da cidade. O evento foi organizado pelo grupo “De Olho Nas Estrelas”, que ofereceu a oportunidade única de observar o satélite natural através de telescópios especializados.

A Orla Taumanan transformou-se em um ponto de encontro para amantes da astronomia e curiosos fascinados pelo cosmos. Uma fila entusiástica logo se formou, todos ansiosos para capturar um vislumbre dessa maravilha cósmica através das lentes dos telescópios disponibilizados pelo grupo. O reflexo da superlua azul nas águas do rio Branco acrescentou uma pitada de magia ao evento, criando uma cena verdadeiramente deslumbrante.

A superlua azul não ganha sua tonalidade do nome “azul”, mas sim da coincidência de ser a segunda Lua cheia em um único mês, neste caso, agosto. Durante esse período, a lua está em seu perigeu, a posição mais próxima da Terra em sua órbita elíptica, o que a faz parecer até 14% maior e consideravelmente mais brilhante no céu noturno.

Karen Fredo, uma das coordenadoras do grupo “De Olho Nas Estrelas”, expressou a importância de tornar a astronomia acessível a pessoas de todas as idades. Ela compartilhou que o projeto visa proporcionar visibilidade aos fenômenos espaciais, permitindo que todos apreciem a grandeza do universo.

Entre os presentes estava Luid Braian, um jovem de 10 anos, que pela primeira vez teve a oportunidade de observar a lua através de um telescópio. Sua excitação era palpável, e ele mal conseguia conter a empolgação ao relatar sua experiência única.

Geislene Araújo, uma administradora de 27 anos, também ficou fascinada com a oportunidade de observar a lua de tão perto. Ela descreveu o momento como “mágico” e compartilhou sua paixão duradoura pela lua, agora intensificada pela visão próxima e detalhada proporcionada pelo telescópio.

Lucas Ramos, um estudante de 28 anos, conhecia o trabalho do grupo “De Olho Nas Estrelas” e estava emocionado por finalmente poder ver a lua através de um telescópio. Ele descreveu a experiência como “maravilhosa” e “encantadora”, reforçando a magia que a observação direta trouxe ao evento.

Gilmar Alves, geofísico espacial da Universidade Federal de Roraima, ressaltou a importância do fenômeno da superlua azul em 2023. Ele esclareceu que, apesar do nome, a lua não se torna azul, mas sim mais brilhante e maior devido à sua proximidade com a Terra. Gilmar Alves ainda explicou que a próxima oportunidade para testemunhar essa maravilha celeste será somente em 2037.

O grupo “De Olho Nas Estrelas” continua a democratizar a observação do cosmos, promovendo encontros e eventos que permitem que pessoas de todas as idades e níveis de conhecimento apreciem as maravilhas do universo. Seu trabalho é acessível através do Instagram, e a noite memorável da superlua azul permanecerá na memória dos participantes como uma experiência inesquecível.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Carro pega fogo em semáforo após manutenção elétrica
Tragédia em Caroebe, homem de 33 anos morre após ser atingido por galho de árvore
Violência doméstica em Boa Vista – Jovem é agredida por se recusar a intimidade com namorado
Programa de Anistia do Governo de Roraima: Quitação de Dívidas Residenciais no Vila Jardim
Dia da Consciência Negra: saiba o que abre e fecha em Boa Vista durante o feriado
“Entenda e controle o seu feed do Instagram: algoritmos, recomendações e preferências pessoais
Expoferr 2023 reúne público recorde de mais de 500 mil pessoas em cinco dias de evento
Justiça de Roraima recusa transferência de jovem acusado de matar duas nmulheres em acidente