960x300 (1)

Selvinha do Parque do Rio Branco retoma atividades a partir de hoje

Selvinha do Parque Rio Branco
Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do festival Mormaço Cultural
Banco Central comunica vazamento de dados de 39 mil chaves Pix
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 9 milhões
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio estimado em R$ 120 milhões

A partir de hoje (16), retornam as atividades da Selvinha do Parque Rio Branco. O horário de visita é das 15h às 21h, com funcionamento somente de quarta à domingo.

O espaço conta com uma estrutura de quase 7 mil m², composta por mais de 160 elementos artísticos e esculturas de bichinhos que representam a fauna amazônica

São oito cenários, sendo o de área molhada o que mais chama atenção, não só pelo tamanho (1.776,50 m²), mas por conter 41 brinquedos hidráulicos e 18 chafarizes, trazendo muita refrescância à brincadeira das crianças, tendo em vista o clima quente da região.

Toda a estrutura conta com reservatório de água e sistema de filtragem, além de iluminação de LED, sistema de cores (RGB), sonorização que reproduz os sons da floresta e piso emborrachado com dreno.

A entrada é gratuita, basta procurar o portão de acesso, onde é solicitado aos pais e/ou responsáveis aferição de temperatura, uso de máscara e aplicado álcool em gel nas mãos.. 

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Grupo Galpão realiza oficinas de teatro gratuitas em Boa Vista
Programa de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa participa de seminário sobre tráfico de pessoas e a proteção à criança
Polícia Civil apreende cocaína e munições com garimpeiro
Inscrições no processo seletivo para contratação de técnico especializado em Língua de Sinais vão até 17 de julho
Argentina vence a Colômbia e se torna a maior campeã da Copa América
Alunos do CCTI são destaques em etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica
Espanha conquista o tetracampeonato da Eurocopa
Operação CATRIMANI II destrói 11 pistas de pouso utilizadas em atividades de garimpo ilegal