960x300

Procon Assembleia orienta consumidores para uma data romântica sem surpresas

Aprovado PL que reduz cálculo-base do ICMS em produtos importados via remessas postais ou expressas
Revisão de dados indica recuo em número de jovens nem-nem
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista

Imagine a cena: um casal num encontro romântico em um restaurante, no Dia dos Namorados, 12 de junho. Embalados por uma música agradável e pela comida preferida, após trocarem presentes, percebem que, apesar de gostarem do que receberam, vão precisar trocar os produtos. Depois, na hora de pagar a conta, eles se deparam com preços elevados e discordam sobre o pagamento de 10% da taxa de gorjeta e se devem ou não pagar o couvert artístico. O clima romântico dá lugar a uma discussão, mas afinal, quem tem razão?

Para esclarecer essas dúvidas que podem surgir nessa e em outras datas comemorativas, o Procon Assembleia, órgão ligado à Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), orienta os consumidores sobre como comprar presentes com segurança e curtir a noite especial sem problemas.

Aldo Carvalho, diretor do órgão de defesa do consumidor, destaca a importância de pesquisar preços antes de adquirir qualquer produto ou serviço. “Orientamos sempre que o consumidor faça uma pesquisa, independentemente do produto ou do restaurante, para que não se endivide nessas datas comemorativas”, ressalta o diretor.

Além do levantamento, é fundamental guardar a nota fiscal e verificar a política de trocas da loja. Se o produto apresentar defeito, o consumidor tem direito à troca. No entanto, se não houver defeito, a loja não é obrigada a realizá-la.

Para compras online, o consumidor conta com o direito de arrependimento em até sete dias. “Ele não toca no produto, ele vê online. Então o Código de Defesa do Consumidor [CDC] prevê esse direito de arrependimento, independentemente de o produto ter algum defeito ou não”, complementa o especialista.

Ao escolher um restaurante, é importante verificar os pratos e os valores no menu e observar a cobrança da taxa de desperdício. “Isso não existe. Você não pode pagar duas vezes por um produto que já comprou”, alerta o diretor.

Além disso, o estabelecimento deve informar o valor do couvert artístico. E a apresentação precisa estar em um local onde o cliente possa aproveitar o serviço. “Não adianta estar em um ambiente fechado e o restaurante ofertar o couvert em um ambiente aberto, porque o cliente tem que usufruir para ser cobrado”, diz Carvalho.

A relação entre o garçom e o estabelecimento é trabalhista, ou seja, o consumidor não é obrigado a remunerar o funcionário pelo serviço prestado, mesmo quando a gorjeta, popularmente conhecida como taxa dos 10%, é informada. A prática fere o art. 39, inciso V do CDC, que diz ser abusivo “exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva”.

Caso o adicional seja cobrado de maneira compulsória, o cliente tem direito à devolução em dobro do valor pago, acrescido de correção monetária e juros legais.

Por fim, se a comanda de consumo for perdida durante o encontro, o estabelecimento não pode aplicar multas. O consumidor deve pagar apenas pelo que consumiu, conforme previsto no CDC.

Preparativos

Uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a Offerwise Pesquisas, revela que 96 milhões de consumidores devem aquecer as compras neste dia especial.

Em média, o brasileiro vai desembolsar R$ 238 para presentear o amor, com perfumes, cosméticos e maquiagem (39%) liderando a lista dos mais desejados. Roupas (37%), calçados (24%), um jantar romântico (20%) e bombons e chocolates (18%) também figuram entre as apostas para surpreender o (a) parceiro (a). Estima-se que o movimento no varejo e serviços chegue a R$ 22,81 bilhões.

Na hora de escolher o presente ideal, 57% dos consumidores pretendem comprar em lojas físicas, enquanto 33% optam pela praticidade online. Entre os adeptos das compras virtuais, 67% preferem aplicativos, 62% sites e 13% o Instagram. Os tipos de sites/lojas online mais procurados são de varejistas nacionais (60%) e internacionais (60%), seguidos por sites de compra e venda de produtos novos ou usados (33%) e sites de lojas de maquiagem, perfumes etc. (29%).

Para Lorraine Cavalcante, gerente de uma floricultura em Boa Vista, a data é crucial para o comércio, tanto presencial quanto online. A floricultura investe em kits personalizáveis (balões, chocolates, pelúcias, canecas etc.) para atrair os clientes. “Essa é uma das três datas mais importantes para nós. Percebemos que, desde a pandemia, as pessoas têm feito pedidos com antecedência, por mensagens no WhatsApp e Instagram, ou pessoalmente. Isso facilita para todos”, comemora Lorraine.

Há quatro anos, um restaurante rústico na região central de Boa Vista se transforma no Dia dos Namorados. O local ganha uma decoração e um cardápio exclusivos para a data.

“Criamos um clima especial com música ao vivo, fazemos reserva de mesas e oferecemos duas opções de jantar: buffet e à la carte. É uma noite importante, principalmente em tempos difíceis como este. Não podemos deixar essa data passar em branco”, explica o empresário Danyel Lago.

Para evitar que divergências estraguem o momento dos clientes, o restaurante informa sobre o couvert artístico com antecedência e não cobra taxa de serviço.

“Fazemos a nossa parte divulgando o couvert nos encartes e com banners no dia. Quanto à taxa de gorjeta, não a cobramos aqui. Nossos preços são calculados com base nas fichas técnicas, levando em conta os custos e as vendas. Optamos por não cobrar os 10% porque isso gera diversas situações e aumenta nosso trabalho. Além disso, acreditamos que essa é a melhor opção para os clientes, pois muitos apreciam essa política, como eu mesmo aprecio quando sou cliente”, complementa Lago.

Em caso de dúvidas ou problemas com produtos e serviços, o consumidor pode procurar o Procon Assembleia, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na sede da Superintendência de Programas Especiais da ALE-RR, localizada na Avenida Ataíde Teive, nº 3.510, bairro Buritis. Também é possível buscar atendimento pelo WhatsApp (95) 98401-9465 e por meio do site al.rr.leg.br/procon.

Fonte: PMBV

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF prende passageiro em flagrante por crime de usurpação de bens da União
Revisão anual dos servidores estaduais vai ser discutida durante audiência pública na ALE-RR
Aprovado PL que reduz cálculo-base do ICMS em produtos importados via remessas postais ou expressas
PRF apreende semirreboque adulterado em Roraima
Sindicatos de servidores estaduais solicitam apoio de presidente da ALE-RR para reajuste salarial
PRF prende motorista por Uso de Documento Falso no Cantá
Assembleia Legislativa cria comissão especial para apurar indícios de irregularidades no Governo de Roraima
População pode sugerir prioridades de investimento para Roraima