Prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique (MDB), Cancela Apresentação de Jhonny Hooker em Festival de Artes Integradas

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

O prefeito de Boa Vista, Arthur Henrique, anunciou na tarde desta segunda-feira (25) o cancelamento da participação do cantor Jhonny Hooker no festival de artes integradas Mormaço Cultural. O show estava programado para o próximo sábado (30).

O cancelamento decorre da repercussão de vídeos antigos de Jhonny Hooker durante uma apresentação de 2018 em Pernambuco. Na ocasião, o artista se manifestou em protesto contra o cancelamento de uma peça teatral que abordava a figura de Jesus, com uma atriz principal transgênero.

Esses vídeos viralizaram em Boa Vista, levando a um questionamento público sobre a decisão de incluir Jhonny no festival. Em resposta, o prefeito divulgou um vídeo no Instagram no qual explicou que “uma das atrações foi desaprovada por muitas pessoas através de manifestações públicas” e solicitou que a Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura de Boa Vista (Fetec), subordinada à prefeitura, cancelasse a apresentação de Jhonny.

O prefeito explicou que os artistas foram escolhidos com base em interações nas redes sociais, onde o público indicou suas preferências quando o evento foi anunciado.

Arthur Henrique se desculpou, enfatizando que o respeito é um valor que ele considera fundamental e que seu compromisso como prefeito é fazer o melhor pela cidade e pelos cidadãos. Ele mencionou que iniciou procedimentos legais para efetivar o cancelamento da atração.

A Associação Grupo Athena Cores de Roraima (Agac/RR) emitiu uma nota repudiando o cancelamento do show de Jhonny Hooker, argumentando que a prefeitura não reconhece adequadamente a comunidade LGBTQIAPN+ como parte legítima e merecedora de expressão cultural.

A Agac/RR lamentou que a decisão da Prefeitura de Boa Vista tenha sido influenciada por grupos políticos conservadores que usaram declarações do artista fora de contexto para promover um ataque coordenado à sua participação no evento, sob justificativas questionáveis, como o suposto uso inadequado de recursos públicos, devido à natureza da arte de Hooker.

O show de Jhonny Hooker, que custou R$ 100 mil aos cofres públicos, tinha a intenção de homenagear a cantora Marília Mendonça.

Com o cancelamento, os artistas nacionais que permanecem no festival incluem Alcione, Vanessa da Mata, Chimarruts, Emicida, Biquini Cavadão, Duda Beat e Xamã. O investimento total em artistas nacionais, incluindo Hooker, foi de R$ 1.531.200.

O Mormaço Cultural ocorrerá de 26 de setembro a 1° de outubro, com apresentações no Parque do Rio Branco e no Teatro Municipal de Boa Vista. Os shows nacionais estão programados para os dias 30 de setembro e 1º de outubro, no Parque do Rio Branco.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF deflagra operação para combater desvio de recursos da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima
Polícia Civil prende homem condenado por estupro de crianças
Abertas vagas para processo seletivo de bolsistas para Embrapa RR
Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre
FICCO-RR PRENDE UMA PESSOA POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOA VISTA
Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e apreensão para esclarecer morte de casal
PL que altera lei de regularização fundiária de Roraima possui 37 emendas propostas por comissão especial da ALE-RR
Polícia Civil esclarece fraude Imobiliária, localiza suspeito de estelionato e apreende veículos