960x300 (1)

Polícia Civil prende dois homens condenados por roubo

Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do festival Mormaço Cultural
Banco Central comunica vazamento de dados de 39 mil chaves Pix
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 9 milhões
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio estimado em R$ 120 milhões

A PCRR (Polícia Civil de Roraima), por meio da Polinter (Delegacia de Polícia Interestadual) deu cumprimento a dois mandados de prisão contra dois homens sentenciados pela Justiça, por crime de roubo. D. P. N., de 30 anos, foi preso no bairro Jóquei Clube e U. M., de 35 anos, foi localizado no bairro Equatorial.

As duas prisões ocorreram na sexta-feira, 14, e as ações foram coordenadas pelo delegado titular da Polinter, Alexandre Matos. Os agentes da Polinter vinham ao longo da semana investigando a localização dos dois homens.

O primeiro a ser localizado foi D. P. N., sentenciado pela Justiça à pena de 10 anos e cinco meses de reclusão em regime fechado. Sendo sete anos, três meses e 15 dias de reclusão por roubo majorado e três anos e nove meses de reclusão por furto qualificado.

De acordo com a sentença que o condenou, no dia 15 de março de 2006, em conluio com outras sete pessoas, invadiram a casa de um casal no bairro Aeroporto, fazendo-os de reféns, ameaçando-os e os constrangendo. Do local roubaram um veículo Ranger com a intenção de o vender na Venezuela. Da residência, o bando levou também vários objetos e, posteriormente, abandonou o casal amarrados em uma área do Anel Viário.

Com o veículo roubado, conduzido por D. P. N., eles foram até uma loja de equipamentos eletrônicos, localizada no bairro Mecejana. O veículo foi posicionado em frente à loja de uma forma em que o acusado, com a marcha ré do carro, arrebentou a loja de onde furtaram vários equipamentos.

Na época dos fatos, D. P. N., foi preso em flagrante juntamente com os integrantes que praticaram o crime. Eles foram julgados e, no caso de D. P. N., ele foi sentenciado inicialmente à pena de 11 anos, dois meses e cinco dias de reclusão, mas recorreu na Justiça que a manteve em 10 anos e cinco meses, tendo transitado em julgado. O mandado de prisão dele por sentença condenatória foi decretado pela 2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de Roraima e ele foi preso pela equipe da Polinter.

A segunda pessoa a ser presa foi U. M., sentenciado pela J2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça à pena de sete anos e 11 meses de reclusão em regime fechado.

Segundo a sentença, no dia 11 de julho de 2013, o acusado, juntamente com outra pessoa, invadiu a sede de um correspondente bancário, localizado no Centro de Boa Vista. Os dois estavam armados com revólver e pistola e contaram com o apoio de mais duas pessoas, dentre eles uma mulher. No local havia várias pessoas que foram coagidas a ficarem em uma sala. Os acusados estavam agressivos e a todo tempo ameaçava as vítimas, que foram obrigadas a entregarem seus telefones celulares a eles.

Da empresa, levaram a importância de R$ 18.771,20 e exigiram que lhe entregassem a central de monitoramento das câmeras de segurança. Antes de deixar o estabelecimento, o acusado U. M., disparou um tiro.

Os acusados foram presos em flagrante e todo o material roubado foi recuperado. Processado, U. M. foi sentenciado à pena de sete anos e 11 meses de reclusão, tendo sua prisão sido decretada.

Ele foi preso pela equipe da Polinter no bairro Equatorial. Tanto ele, quanto D. P. N., foram conduzidos à sede da Polinter, onde tiveram suas prisões formalizadas. Eles foram apresentados na Audiência de Custódia na manhã de sábado, 15, e tiveram suas prisões homologadas, sendo encaminhados ao Sistema Prisional.

Fonte: PCRR

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

TSE vai enviar observadores para eleições na Venezuela
Secretaria Especial da Mulher da ALE-RR já confeccionou 30 perucas este ano e segue com arrecadação de cabelos
Ministério Público denuncia policial penal pela morte de agente de saúde
Grupo Galpão realiza oficinas de teatro gratuitas em Boa Vista
Programa de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa participa de seminário sobre tráfico de pessoas e a proteção à criança
Polícia Civil apreende cocaína e munições com garimpeiro
Inscrições no processo seletivo para contratação de técnico especializado em Língua de Sinais vão até 17 de julho
Argentina vence a Colômbia e se torna a maior campeã da Copa América