960x300 (1)

Parceria entre ACNUR e PF reduz espera por documentação de refugiados em Roraima

Documentação Venezuelana
Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do festival Mormaço Cultural
Banco Central comunica vazamento de dados de 39 mil chaves Pix
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 9 milhões
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio estimado em R$ 120 milhões

O  Posto de Orientação e Triagem (PI-TRIG) de Boa Vista atende, em média, 500 pessoas por dia para a documentação. São cerca de 400 atendimentos no período diurno, que ocorre entre 8h e 18h, e outras 100 vagas na atenção noturna, que começa às 18h e se estende até às 23h.

A parceria entre ACNUR e Polícia Federal é inédita, e buscar diminuir o tempo de espera das pessoas refugiadas e migrantes para sua regularização migratória no país, executada exclusivamente pela PF em Roraima, no contexto da Operação Acolhida. Por meio da parceria, o ACNUR viabiliza o aporte de dez trabalhadores humanitários que auxiliam a PF nos registros de dados e processos necessários para a documentação, como fotografias das pessoas refugiadas e migrantes e identificação por meio de digitais.

“Ficamos honrados em ver a confiança que a Polícia Federal deposita no ACNUR e em outras agências da ONU para apoiar com a documentação em Roraima. Quando documentadas, pessoas refugiadas podem mais facilmente ir à escola, receber cuidados de saúde, ganhar a vida, casar e fazer todas as outras coisas que consideramos importantes para uma vida plena”, diz Oscar Sanchez Piñero, chefe de escritório do ACNUR em Roraima.

Em Pacaraima, cidade brasileira na fronteira com a Venezuela, os esforços para documentação noturna também estão sendo realizados pela Polícia Federal, com o apoio da Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Com a força-tarefa estabelecida desde janeiro, o número de documentação irá aumentar, dando mais segurança às pessoas refugiadas e migrantes e permitindo um melhor controle migratório por parte do governo federal.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Promulgada lei que libera R$ 1,62 BI para proteção de território Ianomâmi
Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do festival Mormaço Cultural
Abertas inscrições para o prêmio Sebrae Mulher de Negócios
Ex-deputada estadual Marília Pinto assume Superintendência de Programas Especiais da Assembleia Legislativa
Polícia Civil prende dois homens por violência doméstica
Ministério Público obtém liminar para que o município de Iracema reguralize portal da transparência
Unidades móveis de saúde da mulher do município estão em novos pontos
Polícia Federal deflagra operação para combater contrabando de ouro e lavagem de dinheiro