Operação Hipóxia: PF investiga suspeita de superfaturamento em contratos de oxigênio para comunidade Yanomami

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (6), a Operação Hipóxia, com o objetivo de investigar a suspeita de superfaturamento na execução de um contrato para a prestação de serviços de recarga de oxigênio ao Distrito Sanitário Especial Indígena Yanomami (DSEI-Y).

De acordo com as informações obtidas pela PF, há indícios de direcionamento no processo de licitação, bem como a existência de notas fiscais fraudulentas. As investigações apontam para a possibilidade de que cerca de 89,89% do valor pago à empresa vencedora não tenha sido efetivamente utilizado para a aquisição de oxigênio destinado ao órgão indigenista.

A Operação Hipóxia está sendo conduzida com a realização de 10 mandados de busca e apreensão na cidade de Boa Vista, tendo sido expedidos pela 4ª Vara Federal Criminal em Roraima.

É importante destacar que esta operação está sendo realizada em colaboração com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF), consolidando um esforço conjunto para apurar e combater possíveis irregularidades nesta contratação.

As investigações tiveram início a partir de uma denúncia recebida pelo MPF, e, com o apoio da CGU, foram identificadas diversas irregularidades relacionadas à contratação dos serviços de recarga de oxigênio destinados à comunidade Yanomami.

Este desdobramento reforça o compromisso das autoridades em garantir a transparência e a lisura nos processos de contratação pública, especialmente quando se trata de serviços essenciais para comunidades vulneráveis, como a dos Yanomami. A Operação Hipóxia visa assegurar que os recursos públicos sejam utilizados de forma adequada e em benefício daqueles que mais necessitam.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF deflagra operação para combater desvio de recursos da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima
Polícia Civil prende homem condenado por estupro de crianças
Abertas vagas para processo seletivo de bolsistas para Embrapa RR
Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre
FICCO-RR PRENDE UMA PESSOA POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOA VISTA
Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e apreensão para esclarecer morte de casal
PL que altera lei de regularização fundiária de Roraima possui 37 emendas propostas por comissão especial da ALE-RR
Polícia Civil esclarece fraude Imobiliária, localiza suspeito de estelionato e apreende veículos