Operação Conjunta em Boa Vista Visa Coibir Depredação e Furto de Fios Elétricos em Espaços Públicos

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

Devido à persistente onda de depredação e furtos de fios elétricos em espaços públicos, como praças, prédios, monumentos, pontes e abrigos de ônibus, uma operação conjunta foi iniciada na quarta-feira, 6 de setembro, envolvendo a Guarda Civil Municipal (GCM) e os fiscais tributários da Prefeitura de Boa Vista. O objetivo é fiscalizar estabelecimentos e empresas que compram sucata, na tentativa de combater esse tipo de atividade ilegal.

Sete estabelecimentos, localizados tanto no Centro como em bairros da zona Oeste, como Tancredo Neves, Asa Branca, Operário e São Bento, foram inspecionados. O relatório da GCM revelou que, dos locais previamente identificados pelos fiscais tributários, apenas o estabelecimento no bairro São Bento estava em conformidade com as regulamentações, enquanto os demais precisam obter alvarás e realizar ajustes para operar dentro das normas legais.

Ações adicionais de controle serão intensificadas na cidade, com foco em estabelecimentos que comercializam produtos como fios de cobre e materiais de alumínio. A receptação de produtos roubados ou furtados é uma infração prevista no artigo 180 do Código Penal, e a responsabilidade recai tanto sobre quem comete o crime quanto sobre quem comercializa tais itens.

De acordo com o comandante geral da GCM, Wilson da Silva, durante a operação, os proprietários dos estabelecimentos receberam orientações essenciais para garantir que suas atividades comerciais ocorram dentro da legalidade.

“A Guarda Civil Municipal forneceu orientações sobre as possíveis práticas criminosas que alguns proprietários podem cometer ao receber produtos de furto, principalmente quando esses produtos são identificados como originados de depredações do patrimônio público. Além disso, explicamos sobre a responsabilidade criminal quando produtos sem origem comprovada são encontrados em seus estabelecimentos”, destacou Silva.

Vandalismo em Abrigos de Ônibus Preocupa em Boa Vista

Em uma nota relacionada, equipes responsáveis pela limpeza de Boa Vista se depararam com abrigos de ônibus vandalizados na terça-feira, 5 de setembro. Os locais onde os passageiros aguardam o transporte coletivo nas avenidas Glaycon de Paiva (Mecejana), Via das Flores (Pricumã) e rua Laura Pinheiro Maia (Pintolândia) tiveram suas vidraças quebradas.

Para evitar que os usuários do transporte público fossem prejudicados ainda mais, os fragmentos de vidro foram removidos nas primeiras horas da manhã. A causa do vandalismo ainda não foi determinada, e a Secretaria de Serviços Públicos registrou um boletim de ocorrência para investigar esses casos.

Esses atos de vandalismo resultam em prejuízos financeiros para os cofres públicos e afetam diretamente os cidadãos que dependem do transporte coletivo. Nos últimos meses, mais de 40 centrais de ar foram roubadas de paradas climatizadas. Para combater esse problema, grades de ferro estão sendo instaladas ao redor desses equipamentos.

Denúncias e Colaboração da População

A população também desempenha um papel fundamental na prevenção desses atos de vandalismo e furto. Qualquer pessoa que tenha informações sobre tais incidentes pode denunciá-los ligando para o número 190 da Polícia Militar ou para a Central 156 da Prefeitura de Boa Vista. A colaboração de todos é essencial para manter nossa cidade segura e bem cuidada.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF deflagra operação para combater desvio de recursos da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima
Polícia Civil prende homem condenado por estupro de crianças
Abertas vagas para processo seletivo de bolsistas para Embrapa RR
Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre
FICCO-RR PRENDE UMA PESSOA POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOA VISTA
Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e apreensão para esclarecer morte de casal
PL que altera lei de regularização fundiária de Roraima possui 37 emendas propostas por comissão especial da ALE-RR
Polícia Civil esclarece fraude Imobiliária, localiza suspeito de estelionato e apreende veículos