960x300 (1)

MPRR recomenda que Caer adote medidas para proteger dados dos usuários 

Concurso Público MPRR
Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do festival Mormaço Cultural
Banco Central comunica vazamento de dados de 39 mil chaves Pix
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 9 milhões
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio estimado em R$ 120 milhões

O Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR) recomendou à  Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (CAER)  que adote  medidas eficazes para evitar o acesso não autorizado aos dados pessoais de seus clientes, sem que isso implique em prejuízo na obtenção de informações por parte dos titulares das contas.

A Recomendação foi expedida pela Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor, no dia 09  fevereiro, devido à facilidade de qualquer pessoa acessar dados dos consumidores por meio da “loja virtual” da Companhia, apenas com o número do CPF do cliente. 

 De acordo com a Recomendação, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) estabelece parâmetros no tratamento de dados pessoais de consumidores para evitar o acesso público a informações sensíveis.

O Promotor de Justiça de Defesa do Consumidor, Adriano Àvila, explica que a LGPD determina a utilização de medidas técnicas e administrativas aptas a proteger os dados pessoais de acessos não autorizados.

“É importante ressaltar que, de qualquer maneira, o titular dos dados tem direito ao acesso facilitado às informações, que deverão ser disponibilizadas de forma clara, adequada e ostensiva”, destacou o Promotor de Justiça. 

O MPRR requer que a CAER cumpra as adequações previstas na Recomendação no prazo máximo de 30 dias.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Espanha conquista o tetracampeonato da Eurocopa
Operação CATRIMANI II destrói 11 pistas de pouso utilizadas em atividades de garimpo ilegal
Conselheiros dos Tribunais de Contas do Brasil visitam Boa Vista para conhecer iniciativas voltadas para desenvolvimento infantil
Promulgada lei que libera R$ 1,62 BI para proteção de território Ianomâmi
Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do festival Mormaço Cultural
Abertas inscrições para o prêmio Sebrae Mulher de Negócios
Ex-deputada estadual Marília Pinto assume Superintendência de Programas Especiais da Assembleia Legislativa
Polícia Civil prende dois homens por violência doméstica