960x300

Modo avião do celular: por que é preciso ativar o recurso durante voos

Aprovado PL que reduz cálculo-base do ICMS em produtos importados via remessas postais ou expressas
Revisão de dados indica recuo em número de jovens nem-nem
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista

Por Darlan Helder / g1

Os smartphones mais modernos utilizam tecnologias de comunicação por ondas eletromagnéticas, também conhecidas como “ondas de rádio”, para trocar informações. Essas tecnologias podem interferir nos equipamentos de alguns aviões, o que justifica a necessidade de ativar o “modo avião” durante o pouso e a decolagem, considerados momentos críticos em uma viagem aérea.

O “modo avião” desempenha a função crucial de desativar a transmissão e recepção de ondas de rádio em dispositivos eletrônicos portáteis, como celulares. A principal fonte de interferência eletromagnética em uma aeronave é a transmissão intencional. Quando o telefone está no “modo avião”, esse risco é completamente eliminado, garantindo que a comunicação dos pilotos com os radares e sistemas de navegação não seja prejudicada.

Jorge Henrique Bidinotto, professor de engenharia aeronáutica da Universidade de São Paulo (USP), explica que uma das faixas de frequência usadas pelos celulares para comunicação está próxima à faixa utilizada por um dos instrumentos de navegação das aeronaves. Embora a probabilidade de interferência seja pequena, ela existe.

Quando o “modo avião” é ativado, ele desliga várias interfaces de comunicação sem fio do aparelho, incluindo dados móveis, Wi-Fi, Bluetooth, NFC e GPS. No entanto, atualmente, alguns aparelhos permitem religar o Wi-Fi e o Bluetooth mesmo com o “modo avião” ativado, mantendo apenas a rede móvel desativada. Isso permite que os passageiros se conectem à internet do avião e usem o Bluetooth para dispositivos como fones de ouvido.

Bidinotto observa que antigamente, o “modo avião” era mais restrito, pois os fabricantes não tinham total confiança na completa separação das funções de comunicação. Entretanto, nos últimos anos, essa confiança aumentou, permitindo que os dispositivos sejam usados para fins como entretenimento, vídeos, música e jogos durante o voo, enquanto ainda permanecem sem comunicação.

Uma vantagem notável de manter o “modo avião” ativado é que o celular não fica constantemente buscando sinais das operadoras de telefonia móvel durante o voo, o que ajuda a economizar a bateria do dispositivo.

Quanto à interferência nas aeronaves, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) assegura que todas as aeronaves comerciais passam por extensos testes de certificação, incluindo testes de interferência de sinais eletromagnéticos. O nível mínimo aceitável de interferência é definido em fóruns internacionais, com a participação ativa da Anac. Em aviões modernos, como o Boeing 787-9 Dreamliner, a interferência é nula, e a mesma conclusão se aplica às aeronaves modelo A320.

Segundo a Anatel, até o momento, não há registro de interferência causada por aparelhos celulares dentro das aeronaves no Brasil.

As companhias aéreas, por sua vez, seguem rigorosamente as recomendações da Anac e dos fabricantes das aeronaves para mitigar qualquer risco relacionado a essas questões. A segurança dos passageiros sempre permanece em primeiro lugar.

Portanto, o “modo avião” não apenas garante a segurança das operações aéreas, mas também oferece aos passageiros a oportunidade de aproveitar recursos de entretenimento durante o voo, sem causar interferência nos sistemas de comunicação ou navegação da aeronave.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF prende passageiro em flagrante por crime de usurpação de bens da União
Revisão anual dos servidores estaduais vai ser discutida durante audiência pública na ALE-RR
Aprovado PL que reduz cálculo-base do ICMS em produtos importados via remessas postais ou expressas
PRF apreende semirreboque adulterado em Roraima
Sindicatos de servidores estaduais solicitam apoio de presidente da ALE-RR para reajuste salarial
PRF prende motorista por Uso de Documento Falso no Cantá
Assembleia Legislativa cria comissão especial para apurar indícios de irregularidades no Governo de Roraima
População pode sugerir prioridades de investimento para Roraima