960x300

Mãe, Filhas e Neto perdem a vida em colisão entre van e carro

Revisão de dados indica recuo em número de jovens nem-nem
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima

Quatro membros de uma mesma família perderam a vida em um trágico acidente na noite de domingo (8) na BR-174, próximo à vila Três Nações, no município de Amajarí, ao Norte de Roraima. Katia Maria Ribeiro, 63 anos, e suas filhas, Ticiana Ribeiro, 39, Silvana Mota Ribeiro, 24, juntamente com seu neto Henryr Mota Silva, de apenas 2 anos, encontraram a morte no terrível incidente. O pequeno Henryr era filho de Silvana, que estava grávida de 7 meses no momento da tragédia.

Inicialmente, as autoridades haviam divulgado erroneamente que duas crianças tinham perdido a vida, mas a informação foi corrigida às 14h50.

O acidente ocorreu quando o veículo em que a família se encontrava, conduzido por um homem de 49 anos, enfrentou uma pane geral e precisou parar na rodovia. Foi nesse momento que a van, conduzida por um homem de 65 anos, colidiu na traseira do carro.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que está investigando o caso, o veículo atingido estava parado na rodovia, sem qualquer sinalização de alerta visível, quando ocorreu o trágico impacto. Sete pessoas estavam no veículo, incluindo as quatro vítimas fatais, o motorista e mais duas crianças.

A van, por sua vez, tinha apenas o motorista a bordo, e não foi constatado nenhum indício de embriaguez. Como resultado da colisão, outras três pessoas ficaram feridas e receberam atendimento médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Polícia Civil, com o apoio do Instituto de Medicina Legal (IML), procedeu à remoção de três corpos do local do acidente, enquanto o caso foi oficialmente registrado na Delegacia da Polícia Civil de Pacaraima.

As circunstâncias que levaram a esse acidente trágico estão sob investigação da PRF, cujas conclusões serão documentadas no Laudo Pericial de Acidente de Trânsito. Este relatório está previsto para ser finalizado em cinco dias, podendo haver prorrogações conforme necessário para uma análise minuciosa.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Sindicatos de servidores estaduais solicitam apoio de presidente da ALE-RR para reajuste salarial
PRF prende motorista por Uso de Documento Falso no Cantá
Assembleia Legislativa cria comissão especial para apurar indícios de irregularidades no Governo de Roraima
População pode sugerir prioridades de investimento para Roraima
Prefeitura inicia pesquisa com motoristas de veículos particulares e de carga em Boa Vista
Seleção brasileira treina em Orlando, onde enfrenta os EUA na quarta
Iniciam amanhã as inscrições para os novos cursos de ensino a distância da Escola do Legislativo
PF prende duas pessoas por crimes ambientais e porte ilegal de arma de fogo em Roraima