Mãe é presa após terríveis agressões contra filha de 9 anos

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

Uma jovem de 24 anos foi detida após brutalmente agredir sua filha de 9 anos com o fio de um carregador de celular e sufocá-la com seu pé, no último domingo (17), no bairro Buritis, zona Oeste de Boa Vista. A criança, vítima dessa terrível violência doméstica, ficou marcada por diversas lesões em seu corpo.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), a intervenção ocorreu após vizinhos, preocupados com os gritos de socorro da menina, arrombarem a porta da residência da agressora. Eles conseguiram resgatar a criança do ambiente de perigo, mas foram confrontados com uma faca pela mãe quando tentaram também retirar sua filha de apenas 1 ano da casa.

A própria criança relatou às autoridades que sua mãe estava ingerindo álcool desde a tarde, enquanto estavam na casa de um amigo. Por volta das 18h, ambas retornaram à residência e a mãe, alegando mal-estar, se deitou. No entanto, às 20h, a mãe despertou em um surto e passou a agredir sua filha com o cabo do carregador.

A agressora não poupou a menina, desferindo golpes por todo o seu corpo, que, em desespero, clamou por socorro. Os gritos desesperados da criança foram ouvidos pelos vizinhos, incluindo o ex-padrasto da vítima, que reside ao lado, e que, imediatamente, convocou outros moradores para auxiliar na abertura da porta.

O que encontraram dentro da casa foi uma cena chocante, com a mãe pisando no pescoço da criança. Apercebendo-se de que a porta havia sido forçada, a menina conseguiu escapar para o exterior.

A PM agiu rapidamente, desarmou a mãe e a deteve, visto que ela estava visivelmente embriagada. Uma vez ouvida a versão da vítima, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro à menina, que apresentava extensas lesões corporais. Em seguida, o Conselho Tutelar foi notificado.

A agressora foi algemada e encaminhada à Central de Flagrantes, onde aguardará a audiência de custódia. Esta terrível ocorrência serve como um alerta para a importância da denúncia de casos de violência doméstica e a necessidade de proteção das vítimas, especialmente crianças vulneráveis.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF deflagra operação para combater desvio de recursos da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima
Polícia Civil prende homem condenado por estupro de crianças
Abertas vagas para processo seletivo de bolsistas para Embrapa RR
Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre
FICCO-RR PRENDE UMA PESSOA POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOA VISTA
Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e apreensão para esclarecer morte de casal
PL que altera lei de regularização fundiária de Roraima possui 37 emendas propostas por comissão especial da ALE-RR
Polícia Civil esclarece fraude Imobiliária, localiza suspeito de estelionato e apreende veículos