Governo de Roraima garante atendimentos odontológicos a reeducandos

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

Com o intuito de garantir o direito à saúde da população carcerária, o Governo de Roraima está realizando um mutirão de atendimentos odontológicos, que ocorre entre esta quinta-feira, 19, e sábado, 21, na Penitenciária Agrícola do Monte Cristo (Pamc), situada na zona rural de Boa Vista.

Este mutirão é fruto de uma colaboração entre a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) e a Secretaria de Saúde (Sesau) e oferece procedimentos que incluem limpeza, raspagem, restaurações odontológicas e extrações de urgência, especialmente para casos mais graves.

Essa iniciativa, que beneficiará cerca de 250 reeducandos na Pamc, faz parte de uma abordagem abrangente que busca garantir os direitos dos detentos em todas as unidades prisionais do estado, incluindo acesso à saúde, educação e programas de ressocialização.

Hércules Pereira, secretário de Justiça e Cidadania, destacou o compromisso do governo com a segurança pública e os direitos humanos, afirmando: “Os detentos têm a oportunidade de recomeçar suas vidas após cumprir suas penas, e ações como esta fazem parte desse processo.”

O atendimento odontológico é realizado a cada três meses em todas as unidades prisionais do estado, de acordo com a demanda. Pereira também ressaltou que todas as prisões, penitenciárias e centros de detenção em Roraima possuem unidades de saúde básica, conforme estabelecido na Lei de Execução Penal.

Aline Amâncio, responsável técnica da Unidade Móvel Itinerante Odontológica, explicou que os serviços prestados aos detentos são os mesmos oferecidos à população em geral durante as ações da equipe. Ela enfatizou a importância da parceria entre a Sesau e a Sejuc para atender a uma população que enfrenta restrições na obtenção de cuidados de saúde.

Os serviços de saúde para reeducandos incluem atendimento médico e odontológico, dispensação de medicamentos pela farmácia, serviços de enfermagem, psicologia, assistência social e dermatologia, conforme explicou Ana Cláudia Oliveira, coordenadora de saúde da Pamc. Ela destacou a importância desses atendimentos para apoiar a população carcerária em suas necessidades de saúde.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Empresário e funcionária pública acusados de estupro de vulnerável são presos pela polícia
Governo contratará psicólogos, assistentes sociais e nutricionistas para atender rede estadual de ensino
ALE-RR discute políticas públicas em visita de diretor da Casa de Governo a Roraima
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Empreendedores participam de oficina sobre Microcrédito Consciente
PRF em Roraima apreende arma de fogo, ouro, minérios e combustível contrabandeado
Curso de edição de fotos e vídeos para celular aprimora habilidades de servidores da ALE-RR
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista