Glocal Amazônia: empresários do ramo de impacto conversam sobre relação de lucro com o meio ambiente

Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia
Roraima recebe 16 blindados do Exército para reforçar segurança na fronteira com Venezuela
Governo de Roraima impulsiona produção rural e agronegócio com expressivos investimentos
Carro pega fogo em semáforo após manutenção elétrica

No mundo do empreendedorismo, as trajetórias não seguem uma linha reta, mas sim um percurso repleto de curvas, altos e baixos. Essa jornada, por vezes desafiadora, é o pano de fundo para os novos empreendedores que buscam não apenas o sucesso financeiro, mas também a transformação social. Em uma conversa exclusiva, Marcus, um nome em ascensão no cenário empreendedor, compartilhou insights sobre a importância do impacto e da inclusão no âmago dos negócios.

Para Marcus, a essência do empreendedorismo contemporâneo transcende a mera geração de empregos. Ele destaca que a complexidade desse cenário exige que os novos empreendedores estejam cientes das curvas e oscilações que podem surgir. “Empreender não é uma reta, tem curvas e altos e baixos. O novo empreendedor precisa saber disso”, salienta.

Contudo, o diferencial está em compreender o alcance do impacto gerado pela atividade empreendedora. O conceito de impacto, segundo Marcus, vai muito além do âmbito econômico. “O impacto fala muito sobre incluir pessoas nessa jornada e como você vai levar sentido para essas pessoas”, explica. Para ele, a criação de empregos é apenas o ponto de partida. O verdadeiro impacto emerge da capacidade de construir uma economia que aborda os dilemas sociais prementes.

Um desses dilemas é a marginalização de indivíduos da sociedade. Marcus enfatiza que o verdadeiro impacto não se limita a números, mas sim à capacidade de transformar vidas à margem em participantes ativos do tecido empresarial. “Gerar emprego por si só não é gerar impacto, e sim, desenvolver uma economia que resolva os problemas sociais, como por exemplo resgatar pessoas que estão à margem para o centro dos negócios”, esclarece.

Em tempos onde a responsabilidade social das empresas é cada vez mais valorizada, as palavras de Marcus ecoam como um chamado à ação. Empreender, para ele, é mais do que uma busca por lucros; é uma oportunidade de conduzir mudanças tangíveis na sociedade. Nesse contexto, o impacto se torna um farol orientador, iluminando o caminho rumo a uma economia mais inclusiva e equitativa.

Fonte: UOL

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Cooperação entre PF e Polícia da Guiana promove captura de foragidos brasileiros em Georgetown
Detran-RR restitui valores para motoristas de veículos leiloados a partir de 2020
Atricon e TCERR incentivam apoio à campanha “Se Renda à Infância” 2024
Soldado Sampaio explica motivações para rompimento político com governador Antonio Denarium
PRF em Roraima prende motorista por cinco crimes diferentes
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia
Festival da Melancia é sucesso em Normandia
Prefeitura abre período de matrículas para vagas em escolas conveniadas