Garimpeiro e Barbeiro Presos em Boa Vista por Violência Sexual Mediante Fraude

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

Dois indivíduos, um garimpeiro de 25 anos e um barbeiro de 19, foram detidos na sexta-feira (8) após serem flagrados nus na cama ao lado de uma jovem de 19 anos, que estava desacordada, no bairro Alvorada, zona Oeste de Boa Vista. Na delegacia, ambos foram autuados em flagrante pelo crime de violência sexual mediante fraude.

A violência sexual mediante fraude ocorre quando alguém mantém relação sexual ou pratica atos libidinosos com outra pessoa, utilizando artifícios fraudulentos ou meios que impeçam ou dificultem a livre manifestação de vontade da vítima.

Os suspeitos foram surpreendidos por um casal amigo da vítima. Segundo o relato do casal à Polícia Militar, todos estavam consumindo bebidas em um bar antes de irem para a casa de um conhecido.

Ao chegarem na residência, pediram ao casal de amigos para comprar mais bebidas. Quando retornaram, não encontraram a jovem e perceberam uma situação suspeita em um dos quartos. Ao abrir a porta, depararam com a vítima desacordada e os suspeitos sem roupas.

Uma discussão ocorreu entre as partes, e o casal de amigos imediatamente acionou a polícia. A vítima informou às autoridades que lembrava apenas de ter ingerido um copo de água oferecido por um dos suspeitos, após o qual não conseguia recordar mais nada.

Os dois indivíduos foram detidos e conduzidos à Central de Flagrantes. Na delegacia, a vítima reiterou que havia ingerido o copo de água e não possuía lembranças posteriores a esse momento. Os suspeitos permaneceram em silêncio durante o depoimento.

Ambos foram autuados em flagrante pelo crime de violência sexual mediante fraude e deverão comparecer à audiência de custódia no sábado (9). Esse crime está previsto no artigo 215 do Código Penal e prevê pena de reclusão de 2 a 6 anos.

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

PF deflagra operação para combater desvio de recursos da Secretaria Estadual de Saúde de Roraima
Polícia Civil prende homem condenado por estupro de crianças
Abertas vagas para processo seletivo de bolsistas para Embrapa RR
Polícia Civil cumpre cinco mandados de prisão preventiva contra acusados de homicídio em Alto Alegre
FICCO-RR PRENDE UMA PESSOA POR TRÁFICO DE DROGAS EM BOA VISTA
Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e apreensão para esclarecer morte de casal
PL que altera lei de regularização fundiária de Roraima possui 37 emendas propostas por comissão especial da ALE-RR
Polícia Civil esclarece fraude Imobiliária, localiza suspeito de estelionato e apreende veículos