960x300 (1)

Comandante do Comando Operacional Conjunto CATRIMANI II realiza inspeções em Bases de Apoio na TIY

Prefeitura lança edital de chamamento para área de alimentação do festival Mormaço Cultural
Banco Central comunica vazamento de dados de 39 mil chaves Pix
Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 9 milhões
Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio estimado em R$ 120 milhões

Nessa quinta-feira (04), o Comandante do Comando Operacional Conjunto CATRIMANI II, General Costa Neves, realizou inspeções nas Bases de Apoio em Pakilapi e Kayanaú. As construções das duas bases representam o grande avanço da operação e garante a presença do Estado em uma posição estratégica em prol da proteção dos indígenas e das comunidades da Terra Indígena Yanomami (TIY).

Visando intensificar as ações de patrulha na Operação CATRIMANI II, as bases operam de forma ininterrupta e podem apoiar até 50 agentes para a realização de ações contra o garimpo ilegal, os ilícitos transfronteiriços, os crimes ambientais, bem como assistência humanitária aos indígenas e comunidades ribeirinhas da região.

Durante a averiguação, o General Costa Neves ressaltou a importância das montagens das instalações e destacou o esforço conjunto para superar os obstáculos, como as condições climáticas, a área isolada por densas florestas, pistas precárias e entre outras adversidades. Em uma área de difícil acesso, a construção das bases só foi possível devido ao esforço logístico conjunto, executado por aeronaves e militares do Exército, da Marinha e da Força Aérea.

O Comandante da Operação também frisou que as bases servirão de apoio a todos os envolvidos na Operação CATRIMANI II, como as Forças Armadas, os órgãos de Segurança Pública e as Agências, em coordenação com a Casa de Governo de Roraima.

COMANDO CONJUNTO CATRIMANI II

      A Operação CATRIMANI II é uma ação conjunta entre órgãos de Segurança Pública, Agências e Forças Armadas, em coordenação com a Casa de Governo de Roraima, no emprego, temporário e episódico, de meios na Terra Indígena Yanomami, em cumprimento à Portaria GM-MD N° 1511, de 26 de março de 2024, que visa agir de modo preventivo e repressivo contra o garimpo ilegal, os ilícitos transfronteiriços e os crimes ambientais.

Fonte: Ascom Comando Operacional Conjunto Catrimani 

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Grupo Galpão realiza oficinas de teatro gratuitas em Boa Vista
Programa de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa participa de seminário sobre tráfico de pessoas e a proteção à criança
Polícia Civil apreende cocaína e munições com garimpeiro
Inscrições no processo seletivo para contratação de técnico especializado em Língua de Sinais vão até 17 de julho
Argentina vence a Colômbia e se torna a maior campeã da Copa América
Alunos do CCTI são destaques em etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica
Espanha conquista o tetracampeonato da Eurocopa
Operação CATRIMANI II destrói 11 pistas de pouso utilizadas em atividades de garimpo ilegal