Bitcoin e outras criptomoedas sobem após mudança de planos do FED

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista
Motociclista morre após ser atingido por carro dirigido por jovem bêbado no Sul de Roraima
Desenvolve RR faz prospecção de clientes durante feira em Normandia

Após quedas constantes nos últimos dias, quando chegou ao menor valor desde setembro do ano passado, o preço do Bitcoin apresentou uma alta significativa nesta quarta-feira (12). O mesmo aconteceu com o Ethereum, Solana, Shiba Inu e várias outras criptomoedas.

Conforme dados do Coinmarketcap, a principal moeda digital foi negociada no início do dia a US$ 42.809, o equivalente a R$ 239,1 mil pela cotação atual, representando uma valorização de 1,8%. O Ethereum subiu ainda mais (4,2%), chegando a US$ 3.256 (R$ 18,1 mil).

Vale destacar também as altas da Solana (8,4%), Luna (8,7%), Polkadot (9,6%) e Shiba Inu (12,7%), movimento que chamou a atenção, devido ao cenário de desvalorização dos primeiros dias do ano. Aparentemente, a melhora tem ligação com a mudança de planos do Federal Reserve (FED), anunciada na terça-feira (11).

O preço do Bitcoin subiu para US$ 42.809 nesta quarta-feira.

O preço do Bitcoin subiu para US$ 42.809 nesta quarta-feira.Fonte:  Pexels 

Diretores do Banco Central dos Estados Unidos afirmaram não ter data para aumentar os juros, ao contrário do que havia sido dito anteriormente, com a elevação das taxas iniciando em março. Esse plano foi apontado como um dos principais motivadores para a queda das criptomoedas na primeira semana de janeiro.

Novo recorde em 2022?

Ainda em 2022, o preço do Bitcoin pode quase dobrar o valor registrado nos primeiros dias do ano, chegando a uma marca próxima dos US$ 75 mil (R$ 416 mil). A previsão foi feita pelo CEO do banco SEBA Guido Buehler, em entrevista à CNBC.

Segundo o executivo do banco suíço, modelos internos de avaliação da instituição indicam uma grande valorização da principal criptomoeda nos próximos meses, com o preço variando de US$ 50 mil a US$ 75 mil. Porém, Buehler ressaltou que a volatilidade do criptoativo permanecerá alta.

Caso a marca prevista por ele seja alcançada, a moeda digital quebrará o recorde histórico registrado em novembro passado, quando ela foi negociada por cerca de US$ 69 mil.

Fonte: Tecmundo

Está gostando do conteúdo ? Compartilhe!

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Telegram
Email
Print

Confira mais ...

Empresário e funcionária pública acusados de estupro de vulnerável são presos pela polícia
Governo contratará psicólogos, assistentes sociais e nutricionistas para atender rede estadual de ensino
ALE-RR discute políticas públicas em visita de diretor da Casa de Governo a Roraima
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.502 em 2025
Empreendedores participam de oficina sobre Microcrédito Consciente
PRF em Roraima apreende arma de fogo, ouro, minérios e combustível contrabandeado
Curso de edição de fotos e vídeos para celular aprimora habilidades de servidores da ALE-RR
Policial militar morre após perder controle de moto e ser atropelado por uma caçamba em Boa Vista